fevereiro5 , 2023

    A origem do Scrum

    Relacionados

    Utilizando o universo de Star Wars para compreender a filosofia do Shu-Ha-Ri como método de aprendizagem

    A evolução é um processo importante na vida de um profissional. Estar sempre buscando a melhoria contínua para cada vez mais obter conhecimento e experiência é inclusive um valor da cultura ágil, e o Shu-Ha-Ri vem totalmente de encontro!

    Considere tudo de uma vez

    Esta técnica de visualização de ter tudo diante de nós ao mesmo tempo, pode ser de grande valor quando pensamos em síntese criativa e em Design Sprints.

    Insights, perguntas, ideias (IQI)

    Insights, Questions, Ideas (IQI, pronunciado “icky”), desenvolvido pela Sudden Compass®, é uma forma estruturada de analisar pontos de dados de forma colaborativa.

    Compartilhar

    O surgimento

    Ao contrário do que muitos imaginam, as primeiras idéias do que viria a ser o Scrum começaram a ser introduzidas em um artigo publicado no The Harvard Business Review intitulado “The new new product development game” escrito por Hirotaka Takeuchi e Ikujiro Nonaka. No artigo, os autores utilizam analogias entre a gestão de produtos e o Rugby, esporte de origem inglesa.

    Os autores comparam os times como corredores em uma corrida de revezamento, passando o bastão a cada meta e trabalhando assim, de forma linear. Por outro lado, existiam outros times que eram comparados a jogadores de Rugby, realizando jogadas únicas e passando as jogadas somente para frente ou para trás, de acordo com a necessidade do time.

    Então, notaram que em grande parte dos projetos onde times pequenos e multidisciplinares conseguir ser mais produtivos quando trabalhavam como a analogia citada do Rugby. Associando então estes times eficazes à formação “Scrum” utilizada no esporte.

    Nesta formação, um certo grupo de jogadores se reúne para iniciar uma jogada onde o trabalho em grupo é importante, pois se algum jogador deixar a formação, a jogada é desarmada.

    O nome “Scrum” passou a ser utilizado no livro “Wicked problems, righteous solutions” de DeGrace e Stahl.

    Trazendo o contexto para o desenvolvimento de software, Jeff Sutherland, John Scumniotales e Jeff McKenna decidiram testar a metodologia em 1993 na Scrum na Easel Corp. Já em 1996, Schwaber, Sutherland, McKenna e Scumniotales publicaram um livro chamado “SCRUM Development Process”. Foi a partir deste momento que os profissionais começaram a colocar a eficiência o modelo Waterfall em dúvida.

    Referência

    TAKEUCHI, H.; NONAKA, I. The new new product development game. Harvard Business Review, Boston, MA, Estados Unidos, v. 64, n. 1, p. 137-146, jan./fev. 1986.

    DEGRACE, P.; STAHL L. H. Wicked problems, righteous solutions: a catalogue of modern software engineering paradigms. Nova Jersey: Yourdon Press, 1990.

    SUTHERLAND, J.; SCHWABER, K. A Guide to the SCRUM Development Process. 1996.

    Artigo anterior
    Próximo artigo